SÃO PAULO – Uma pesquisa encomendada pelo SPC Brasil (Serviço de Proteção ao Crédito) revelou que a falta de disciplina com as finanças pessoais está relacionada com o descomprometimento com atividades cotidianas.

Segundo o estudo, de maneira geral, os entrevistados indisciplinados financeiramente também têm hábitos como o de estudar na véspera de provas, chegar atrasado em compromissos ou ser relapso com atividades no trabalho.

Com base nas respostas dos entrevistados, os pesquisadores estabeleceram três perfis comportamentais dos brasileiros. No primeiro grupo, das pessoas organizadas, foi constatado que elas estudavam diariamente, planejam todas as tarefas diárias e são regradas também em suas finanças. Este grupo representou 24% do total dos entrevistados.

Já 62% pessoas ficaram entre aqueles que tentam ser organizar. Este grupo estuda ocasionalmente, procura se planejar e às vezes se atrasa em compromissos. Os 14% restantes foram as pessoas desorganizadas, que não conseguem se planejar ou estabelecer metas.

Sobre as finanças pessoais, a pesquisa mostrou que, entre as pessoas do último grupo, o percentual dos que já entraram ao menos uma vez no cheque especial é mais que o dobro do percentual do grupo de pessoas organizadas. “As causas do descontrole financeiro não estão relacionadas à classe social ou ao grau de escolaridade do consumidor, mas ao comportamento de cada um. Vimos que pessoas organizadas e planejadoras têm uma gestão financeira mais saudável e totalmente coerente com o restante das práticas do dia-a-dia”, comentou a economista-chefe do SPC Brasil, Luiza Rodrigues.

Fim do mês
Também foram detectadas diferenças comportamentais nos três perfis quanto à gestão das despesas de casa. Quando perguntados se conseguem chegar ao final do mês com todas as contas pagas, os organizados não têm dúvidas: 64% respondem que sim e que “ainda sobra um pouco de dinheiro”.

Por outro lado, a parcela que responde sim a esta pergunta entre os que tentam ser organizados cai para 45% e chega em 39% entre os entrevistados desorganizados.

Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para segurança do site preencha antes de enviar os dados *